quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Dia Mundial dos Direitos Humanos

Este post faz parte da blogagem coletiva sobre Direitos Humanos proposta pelo Sam Cyrous do blog FÊNIX AD ETERNUM.

Hoje, dia Mundial do Direitos Humanos, o ex-Presidente finlandês Martti Ahtisaari, ao receber o prémio Nobel da Paz em Oslo, referiu que o combate à pobreza é a primeira prioridade para a conquista da Paz no Planeta, sem a qual será inviável qualquer esforço para pôr fim à instabilidade nas famílias, na saúde e no emprego das classes mais jovens, que sem esperança e sem expectativas, contribuirão enormemente para o aumento da guerra e do terrorismo.


Em muitas zonas do planeta crescem as perturbações, aumentam os conflitos, surgem outros surtos de fome, doenças e miséria, constatando-se a cada segundo que passa, novos atropelos aos mais elementares direitos humanos.

Na semana passada, o governo do zimbábue declarou emergência sanitária devido ao surto de cólera que alastra desde Agosto e da impotência dos serviços públicos de saúde, afirmando porém que a situação estava a ser “controlada”, resistindo, assim a que a ajuda humanitária internacional chegue em condições a todos os inúmeros necessitados. Notícia de hoje é de que 774 pessoas já morreram e a Organização das Nações Unidas (ONU), suspeita de mais 15.572 casos.

“O surto também causa preocupação nos vizinhos do Zimbábue. A África do Sul tem cuidado de dezenas de vítimas zimbabuanas que cruzam a fronteira em busca de ajuda. Recentemente, quase 500 casos de cólera foram diagnosticados na África do Sul; nove pessoas morreram.”

Na Somália morrem milhares de crianças há anos e encontram-se em lamentável estado de desnutrição outros tantos milhares, sem que ninguém tenha tentado realmente inverter a situação.

A Somália vive num estado de anarquia e não tem Governo efetivo desde que o ditador Mohammed Siad Barre foi derrubado, em 1991, por diferentes clãs que lutam pelo poder no país, dirigido agora por um Executivo provisório.

Uma boa notícia é a de que a UE irá colocar vigias armados em navios que tentarão levar ajuda humanitária para esta região do Planeta, impedindo deste modo os assaltos da pirataria.



Também este ano se programou uma Marcha Mundial Pela Paz e Não-Violência, com início em 02/10/2009 e que conhecerá o seu Término a 10/01/2010. Serão 90 dias em que a Marcha percorrerá o planeta, em comemoração ao aniversário de Gandhi (02/10). Percorrerá 160.000 quilômetros.


Passará por 6 Continentes e 90 Países.
Sairá de Nova Zelândia e chegará em Punta de Vacas.

A Marcha pedirá pelo:
- fim das guerras;
- fim das armas nucleares e
- a eliminação de todo tipo de violência.

http://www.marchamundial.org/


http://www.youtube.com/watch?v=-qOmEm-qAyA


Algumas Adesões a esta marcha:

http://www.youtube.com/watch?v=3RAvmMkcUO4

Trata-se, pois de uma questão de VONTADES.


Que em vez duma sociedade em busca do lucro desenfreado a que temos assistido, possamos TODOS direccionar os nossos objectivos para a procura de soluções em Defesa dos DIREITOS de TODOS os seres HUMANOS que habitam a Terra.


Tal como muito bem afirma Joana d’Ângelis nesta mensagem psicografada que aqui vos deixamos para reflexão:


O Ser e o Ter


A verdadeira luta pela existência terrena passa pelas questões do Ter e do Ser.


Desde épocas milenares o Homem se aflige e derrime suas energias mentais e físicas em perseguição da fortuna e do conforto que lhe aportam os bens materiais, sejam eles conseguidos ou não através de meios ilícitos, pondo em risco vidas humanas, causador de desgraças familiares que muitas vezes se prolongam por séculos de sofrimentos ímpares em reparações afligentes e que se fazem obrigatórias pelas leis da Consciência individual na nossa infinita Caminhada para Deus.


Olhai a beleza da rosa, aspirai seu perfume, todavia não a invejeis, pois a sua beleza multicor é e será sempre efémera.


Maravilhai-vos antes perante a semente lançada à terra com o suor de quem trabalha e com a fome que ela sacia às muitas criancinhas de famílias de parcos recursos.


Admirai o canto do cisne, seu porte belo e elegante. Todavia, lembrai-vos que a verdadeira música, a que se entoa nos céus, parte do coração e ilumina todo o nosso interior. O génio musical não carece de voz para louvar o Senhor, ele o faz com a sua alma inebriada de Amor Eterno.

Beethoven compôs a Ode à Alegria, a mais maravilhosa obra de encanto pela vida, quando seus olhos já nada enxergavam e seu coração pertencia inteiramente à harmonia Universal, ao Deus Criador de todas as coisas.


No Ser está a única verdade, a verdadeira beleza, aquela por que vale a pena lutar em cada uma de nossas existências afim de alcançarmos a Iluminação Interior.


Após o Encontro Final com o Ser Interior, o homem partirá à descoberta da beleza no Outro, realização de Deus e sua própria realização, pois a perfeição do seu irmão se reflectirá nele mesmo, e ele encontrará a Harmonia Interior e a perfeição ao encontrar a Caridade.


Não a olvideis meus irmãos. Praticai a Caridade, onde estiverdes, como souberdes. Não penseis em resultados. Crede que haverá sempre uma alma aflita que encontrará vossos pensamentos, vossas reflexões, vosso Amor, vossa dádiva desinteressada.

Joana d' Ângelis
02/04/07

6 comentários:

  1. Amigos e Amigas

    Se há uma coisa em que acredito é na pressão da opinião pública. Os governos, embora não pareça, já lhe vão atribuindo alguma importância. Os Movimentos de Cidadãos neste formato, a nível global, são relativamente recentes, mas já vão produzindo o seu efeito, editamos aqui muita bobagem porque isto é também um divertimento, mas somos da mesma forma capazes de fazer desta ferramenta uma arma apontada à indiferença. Cada blog tem os seus níveis de leitura e quantos mais conseguirmos trazer mais exponencial será o resultado final. O Sam que vive aqui em Portugal, conseguiu por o Brasil a liderar esta blogagem colectiva, seria interessante chegar mais longe e que a próxima atingisse todo o universo da Lusofonia, os CPLP, a Francofonia etc., etc. Resumindo, é preciso acreditar, amigos!

    Um fraterno abraço a Todos e a Todas.

    Nota: Este comentário foi enviado a todos os participantes, pela impossibilidade de fazer um específico a cada um de vocês.

    ResponderEliminar
  2. Oi, Joana

    Infelizmente, a mensagem dos direitos humanos ainda não alcançou o coração da maioria da humanidade como deveria

    O que vemos e lamentamos, em toda hora e lugar, é uma afronta descabida aos ideais de justiça, fraternidade e tolerância que esta Declaração tão bem transmite

    Por isso a importância de iniciativas como a da Blogagem Coletiva dos Direitos Humanos

    No próximo ano, estarei com antecedência em sintonia com esta nobre causa da blogosfera e poderei ser mais útil

    Abraços solidários!

    Pablo Robles

    www.gritopacifico.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Joana, acredito que a Declaração dos direitos humanos seja o ideal a que iremos chegar, com a boa vontade de todos e para isto, quem é mais consciente, deve por obrigação, tentar propagar as idéias e aplicação deste ideal fraterno. Beijus

    ResponderEliminar
  4. Olá, eu tb participei da coletiva e passei aqui para conferir seu post. E que belo post, parabéns.

    abraço

    ResponderEliminar
  5. Obrigada a todos.

    Um coisa ressalta da nossa participação: a luta contra a indiferença. E como "a união faz a força", mantenhamos a esperança.

    Joana

    ResponderEliminar
  6. Acho que ao lado do combate à pobreza que, sim, é prioridade, temos também de olhar a venda de armas, um dos meios mais usados para oprimir os que são mais pobres.

    ResponderEliminar