quinta-feira, 16 de abril de 2009

Maturidade espiritual do Homem

Desde os tempos mais remotos que Deus se fez presente ao Homem, amparando-o e inspirando a sua caminhada e, quando esse homem por Ele criado já se encontrava preparado, lhe enviou os profetas para lhe iluminarem a alma sequiosa e o instruírem na Sua Lei.

Jesus foi enviado à Terra para esclarecer a Mensagem, para despertar as consciências que se tinham entregue às palavras, mas que não conseguiam aquecer os corações de tão superficiais que eram e cujos actos se encontravam já muito distantes dessas brilhantes oratórias produzidas nos púlpitos onde se alçavam aqueles que se diziam transmissores das Suas palavras.

Jesus provou com os seus actos, através do exemplo diário e contínuo, de que as suas eram, de facto, as palavras do Pai de todos nós, ensinando ao Homem, já preparado para O ouvir e aceitar no coração, o perdão. Grande passo se deu na evolução.

Não mais as aparências, não mais a retórica e os discursos habitualmente preparados seduziam as multidões, mas sim o Amor que brotava do filho de Deus, coração aberto que tocava outros corações famintos de Verdade e Conhecimento, resultantes da compreensão da Sua mensagem.

A parábola da figueira seca dirige-se a todos os que em todas as épocas fazem da palavra o seu único modo de vida, seduzindo e enganando em benefício próprio.

Muitas religiões se valem desse estratagema há muitos séculos apreendido, para que possam dominar, controlar e aumentar o seu poder sobre o Homem.

Muitos dislates, crimes hediondos, massacres condenáveis por Deus, não obstante realizarem-se em Seu nome.

O Espiritismo veio esclarecer, repor a verdade das parábolas e das palavras de Jesus para que não mais perdurasse o engano, para que o Homem não fosse o isco de alguns para a ascensão social ou religiosa.

O Espiritismo veio dizer ao Homem que ele se encontrava preparado para compreender com o coração e com o raciocínio a Mensagem, não mais podendo desculpar-se com a ignorância, podendo à medida que a sua fé crescia, porque finalmente entendia, acompanhar a Ciência, sem que, de algum modo, a sua fé e esta última se contradissessem.

O Homem crescerá espiritualmente e encontrará Deus no Universo e descobrirá que os milagres são o resultado do desconhecimento sobre os fenómenos da Natureza e que um dia toda a Verdade lhe será revelada, pois assim como não alimentamos na Terra uma criança recém-nascida da mesma forma que o fazemos com um adulto, assim acontecerá ao Homem.

Esse dia chegará, quando o Homem passar da adolescência para a fase adulta e então ele O verá e O amará com todo o seu coração e com toda a sua inteligência.

Tende fé e paciência e podereis todos vós que lutais por um Mundo melhor, pleno de Paz e prosperidade entre todos e podereis ser presentes nesse novo amanhecer da Humanidade.

7 de Julho de 2008
Mensagem psicografada
Grupo "Amigo Amén"

Sem comentários:

Publicar um comentário